O conteúdo deste blog não é de natureza científica. Os artigos aqui expostos são o resultado de alguma leitura, da aprendizagem natural adquirida ao longo dos anos e do gosto pela terra e por tudo o que ela produz em benefício da nossa saúde e bem-estar. Por outro lado quero dedicar este meu trabalho, ou passatempo, ao meu pai pois é ele quem com muito carinho e esforço, vai fazendo e cuidando a minha pequena horta e jardim. A minha forma de o homenagear é mostrando em fotografias o seu trabalho...

quinta-feira, 24 de Fevereiro de 2011

Couve


Couve 
 ( Brassica oleracea )
É difícil descrever as couves pois existem muitas espécies diferentes, com nomes e apresentações muito várias, e como este não é um blog de carácter científico, vou ficar-me pelas considerações mais "domésticas" das couves...

Historia

As couves podem nascer espontâneamente desde as costas Atlânticas da Irlanda e Grã- Bretanha, França, Portugal, até á Costa Mediterranica de Espanha e Itália...
É cultivada na Europa desde há muitos séculos, já referida por Pitágoras (Matemático e filosofo da Grécia Antiga), e Agnodice (Mulher  que se fez passar por homem para puder exercer medicina, actividade exclusiva dos homens na Grécia Antiga) pelas suas propriedades curativas.

Cultivo

Primeiro fazem-se canteiros, de preferência num caixote, onde se colocam as sementes de couve: Depois da terra preparada , abrem-se covinhas e colocam-se 2 ou 3 sementes em cada uma a uns 0.5cms de profundidade, tapam-se e regam-se.
Cerca de uma semana depois deve acontecer a germinação. Deixa-se crescer até terem pelo menos uns 8 a 10 cms de altura.
Preparar o terreno para onde vão ser transplantadas as couves, cavando adubando alisanando-o. Deixar repousar uns dias e então proceder à transplantação dos pés de couve. Pode abrir covas  e colocar uma couve em cada uma, ou fazer regos, onde plantará as couves... Fazer o alinhamento com um fio ou com dois pedaços de madeira cortados na medida da distancia desejada... O espaçamento entre as couves deve ser superior a meio metro, para facilitar o crescimento da planta.


Variedades

Como já referi há muitas variedades, umas mais comuns e conhecidas nuns sítios que outras... Algumas espécies são mais resistentes ao frio, outras são mais comuns em climas quentes...
Neste momento vem-me à mente alguns tipos de couves, mas decerto haverá mais... Variam na forma, textura, côr...
  • Couve lombarda ou repolho verde, com folhas enrugadas, que chega a ter uns 30 cms de diâmetro.
  • Couve branca, repolho arredondado de folhas lisas e esbranquiçadas, muito consistentes (não sei se será a palavra adequada), mais tenra e de sabor mais suave...
  • Coração de boi, um repolho mais alongado e de folhas um pouco mais verdes que o repolho branco.
  • Couve Troncha, Tronchuda, Portuguesa, Penca... vários nomes para a mesma couve que é decerto a mais usada em Portugal...são as representadas na foto.
  • Couve Galega, ou couve alta, com folhas grandes e de sabor forte, usadas no nosso conhecido "caldo verde".
  • Couve manteiga, que por cá também lhe chamam couve de cortar... porque se cortam as folhas e elas vão sempre produzindo novos rebentos... 
  • Couve de Bruxelas, uns repolhinhos pequenos de sabor forte e amargo...
  • Couve chinesa...
  • Couve flor...
  • Brócolos..
  • Couve nabo, ou nabiça...
Bem, na verdade nem sei se estas últimas se poderão classificar como couves, mas no dia a dia assim as consideramos. Sobre elas falarei separadamente noutros post...

Propriedades e benefícios

As couves têm vitaminas A, do grupo B (ácido fólico), C, K e minerais (cálcio, fósforo, potássio, zinco, cobre e iodo). Contém fibra e poucas calorias.
São anti oxidantes e anti anémicas, aumentam as defesas do organismo e reduzem o nível de açúcar no sangue. São depurativas, diuréticas, aliviam o stresse e combatem as dores reumáticas, ciática e nevralgias...
O consumo de couve é recomendado para todos em geral, mas especialmente nas dietas de emagrecimento, doenças do sistema respiratório, diabéticos, como calmante, prevenção de alguns tipos de cancro (cólon, estômago e pulmão)...

Modos de uso

Na cozinha: Há imensa receitas onde se usam as couves... são muito usadas na nossa cozinha e na chamada dieta mediterrânea... Cozidas, fritas, sopas, purés, caldos, cruas em saladas...  As folhas verdes exteriores são as mais ricas em betacarotenos e minerais...
Tratamentos:  Em forma de sumo, emplastros, caldos...
Decoração: Podem ser usadas no jardim pois algumas têm formas muito ´belas, e até como centros de mesa!...


Link para essa postagem


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...